ENTREVISTA DE SONHOS | Mariana Dezolt

outubro 28, 2016


“arrisco-me a dizer, que o ter um blog me ajudou imenso a recuperar a auto-estima que não tinha”

Mariana Dezolt, 22 anos, do blog “Messy Hair, Don’t Care”. Eis a 1ª entrevistada da nova rúbrica do TDS: “Entrevista de Sonhos”. A Mariana é natural de Espinho, onde atualmente vive, mas estuda em Aveiro, local onde concluiu a Licenciatura em Línguas e Estudos Editorais e, neste momento, frequenta o Mestrado em Comunicação e Multimédia.

O que terá ela para nos revelar?

Bem vinda Mariana, é um prazer ter-te como primeira convidada de uma entrevista minha. Vou começar pelo óbvio: o teu blog e a sua origem. Já tinhas tido outros blogs anteriormente, certo?
Em primeiro lugar, obrigada Beatriz! Desde que me lembro que sempre tive blogs. E digo blogs porque, muitas das vezes, era mais do que um. Antes do Messy Hair, Don't Care, tinha um chamado Dezolt's Blog - um pouco sobre a mesma coisa - mas ao qual não dava atenção nenhuma. Tive até um de desabafos e reflexões! Sempre gostei muito deste mundo da Blogosfera.

Então, quando e porque é que decidiste criar o Messy Hair, Don't Care?
Na verdade, o Messy Hair, Don’t Care surgiu um bocadinho de um dia para o outro. Foi numa altura em que comecei a sentir necessidade de partilhar conteúdo de forma mais regular e, ao mesmo tempo, sentia que o Dezolt's Blog não refletia da melhor forma quem eu era. Decidi então começar do zero e obrigar-me a dedicar a este projeto "a sério". Hoje em dia, já não é preciso ser obrigada a nada [risos]. Comecei logo a ter um feedback muito positivo, e o Messy Hair, Don't Care tornou-se parte do meu dia-a-dia.

Pelo que vi o teu blog já vai a caminho de fazer 2 aninhos, o que mudou na tua vida desde este novo começo?
É verdade, dia 6 de Janeiro é o dia em que faz dois anos! Houve algumas mudanças na minha vida, umas maiores que outras, mas todas elas boas. Uma delas foi, sem dúvida, a rotina. Antes de criar o blog, passava os meus tempos livres a navegar aleatoriamente na internet e a ver filmes e séries - ou seja, nada muito produtivo. No entanto, desde há (quase) dois anos para cá, que as minhas horas mortas são poucas. Pessoalmente, acho isto ótimo pois sempre fui daquele tipo de pessoas que não gosta de estar parada. Conheci também imensas pessoas novas e diferentes e, arrisco-me a dizer, que o ter um blog me ajudou imenso a recuperar a auto-estima qua não tinha. Aliás, basta andar um bocadinho para trás nos meus outfits para entender isso.


Falaste em procurar inspiração… Certamente que neste tempo já existiram momentos em que não soubeste o que publicar. Nesses momentos, onde ou em quem procuras inspiração? Já pensaste em desistir?
Sim, infelizmente, existem alturas em parece que estou a começar do 0 e não faço a mínima ideia do que hei de publicar. Quando isso acontece gosto de fazer pequenos brainstormings por todos os sites de inspiração e mais alguns - Pinterest, Tumblr, Instagram, Bloglovin, etc - e, normalmente, acabam sempre por surgir ideias na minha cabeça. Apesar de tudo, desistir nunca me passou pela cabeça. Acho que quando fazemos algo por gosto, queremos sempre mais e mais e por isso é que é tão importante escrevermos sobre algo de que realmente gostamos.

É evidente que neste momento vês o teu blog como algo indispensável na tua vida .. Quando o criaste, partilhaste a novidade com aqueles que te são mais próximos? Qual foi a sua reação?
No princípio, partilhei apenas com a minha família e com o meu namorado. Fazia os possíveis para manter o blog em segredo pois tinha alguma vergonha de partilhar com as outras pessoas esta minha faceta. Agora, já pouco me importa. Quanto às reações das pessoas com quem partilhei foram as mais diversas. Algumas das pessoas nem sabiam muito bem o que era um blog, o que é o caso das minhas avós e tias [RISOS]. Já a minha mãe, adorou a ideia! Ainda hoje, é a minha maior fã é rara a publicação que não partilha com as amigas e/ou comenta. Quanto ao meu namorado, apesar de no início não me ter levado muito a sério, sempre foi o primeiro a felicitar-me pelas minhas metas alcançadas e, inclusive, é um elemento indispensável para o bom funcionamento do blog, uma vez que é ele que fotografa os meus outfits.

No início deste ano publicaste no teu blog uma lista com várias metas para 2016. Já atingiste alguma delas? Entretanto surgiram novas que possas partilhar connosco?
Dessa lista de metas, consegui (finalmente) fazer uma tatuagem, tornei-me também uma pessoa mais saudável e, na minha opinião, uma pessoa muito mais positiva, que encara as coisas de uma forma muito diferente. Poupei também algum dinheiro para viagens e, apesar de ainda não ter feito nenhuma, conto fazer no final do ano. Quanto a objetivos futuros, tenho alguns projetos em fase de desenvolvimento neste momento e que espero poder apresentá-los até ao final do próximo mês. Até lá, terão que esperar [RISOS].Tirando isso, gostava muito de, no próximo ano, conseguir estudar fora do país e tenho também outras duas tatuagens que queria muito fazer.

Não nos podes desvendar um pouquinho desse mistério dos teus projetos futuros? [RISOS]
A única coisa que posso avançar é que vai estar relacionado com roupa, o resto vai manter-se no segredo dos deuses! Gosto de manter as coisas em segredo até elas acontecerem, corre sempre melhor [RISOS]

Fiquei curiosa, espero nos dês novidades em breve! Falando de redes sociais .. Qual a tua favorita?
O Instagram, sem dúvida. Gosto imenso da diversidade de conteúdo que podemos encontrar por lá e da liberdade de podermos dar asas à imaginação e publicarmos aquilo que queremos. Sempre gostei muito de fotografia e, por isso, o meu perfil está cheio de fotos que vou tirando no meu dia-a-dia. 

Imagens do Instagram da Mariana, publicadas no seu blog (aqui)
Instagram .. quase que arrisquei em dizer que seria essa [RISOS] Como escolhes as fotos que lá publicas? Segues alguma regra de publicação?
Gosto de publicar de tudo um pouco e não me restringir apenas a um tema. No entanto, agrada-me ter um perfil ordenado e com cores uniformes. O que faço é tirar infinitas fotos aos que quero publicar, de diversos ângulos diferentes, e depois de escolher a minha favorita, aplico a filtro que estiver a usar no momento, fazendo apenas alguns ajustes.

Bem, não deves gostar mesmo nada de estar parada! Como consegues ter tempo para tudo isto? Não deve ser fácil conciliar a faculdade com o resto!
Não é assim tão difícil. Para além de não gostar de estar parada, sou uma pessoa muito organizada. Gosto de, com antecedência, planear o meu dia e apontar na agenda tudo aquilo que tenho que fazer. Dessa forma consigo gerir o meu tempo e raramente deixar algo por fazer. É importante também estipular prioridades, dessa forma torna-se mais fácil saber o que é que tem mesmo de ser feito.

A escolha do curso que querias foi difícil?
Quando me candidatei para a licenciatura, foi. Não sabia ao certo o que queria, mas gostava de várias áreas diferentes. As minhas opções foram Línguas e Estudos Editoriais, Direito e Psicologia. Não tinham nada a ver uma com a outra, mas eram as que mais gostava. Acabei por ficar na primeira opção. Quanto à escolha do mestrado, não foi nada difícil. Já estava certa do que queria desde o meu segundo ano e por isso, assim que acabei a licenciatura foi só candidatar-me e pronto. Acabei de me iniciar em Comunicação e Multimédia e já estou a adorar!

Nota-se que não estás arrependida da escolha que fizeste. Que dicas tens para os novos estudantes?
Estudem e dediquem-se desde o princípio, mas não deixem de fazer outras coisas que gostem! Pareço uma "mãezinha" a falar, mas era aquilo que teria feito se soubesse o que sei hoje. Começar a trabalhar em boas notas deve ser uma prioridade desde o primeiro dia!

E hoje, como te vês daqui a 5 anos?
Daqui a 5 anos imagino-me já de curso acabado, a viver na minha própria casa com o meu namorado, num trabalho que realmente gosto e, claro, com um blog mais "crescido".

Para terminar, sendo tu uma pessoa cheia de projetos, NEM PENSES ... e descreve-te numa só palavra !
Assertiva. Quando meto uma coisa na cabeça, tenho que a levar até ao fim. [PAUSA] Talvez determinada fosse a mais indicada, não sei. Isto de me descrever em uma palavra tem muito que se lhe diga [RISOS]

Muito obrigada Mariana! Obrigada pela simpatia, pela disponibilidade e pelo empenho que demonstraste ter! Gostei imenso deste bocadinho e das tuas respostas, espero que sejas muito feliz.
Todas as fotografias presentes neste post são do blog da Mariana, sendo seus os direitos de autor !

Artigos relacionados

6 comentários

  1. Uma excelente escolha para primeira entrevista Bea! Gostei imenso da forma como a entrevista se desenrolou e adoro o blog da Mariana, é óptimo.

    My Own Anatomy ♥

    ResponderEliminar
  2. Adorei! Adoro o blog da Mariana, já o sigo à imenso tempo e uma das coisas mais maravilhosas da blogosfera é podermos ver toda a gente a crescer. É maravilhoso <3
    THE PINK ELEPHANT SHOE // facebook // instagram //

    ResponderEliminar
  3. a entrevista ficou muito legal, eu não conhecia essa blogueira mas pelas fotos ela é muito estilosa

    Com carinho, Renata Prado | Entre Zombies e Unicórnios |

    ResponderEliminar
  4. Adorei a entrevista! O blog da Mariana é um dos meus preferidos e, sem dúvida, que foi uma ótima escolha :)

    Beijinhos, xx
    My Little Corner

    ResponderEliminar
  5. Adorei ser entrevistada por ti! És uma querida :)

    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderEliminar